Qual o impacto do monitoramento de redes sociais na gestão pública?

A análise de dados pode ser usada para obter um feedback das ações e/ou para obter subsídios que vão corroborar com ações para além do mundo on-line. Os órgãos públicos têm à sua disposição, todos os dias, milhares de opiniões e dúvidas dos cidadãos. São mais participações do que aquelas contabilizadas pelas suas respectivas Ouvidorias.

Agora, o que fazem por estes cidadãos? Eles são ouvidos? São respondidos?

O Monitoramento de Redes Sociais (mineração, listening, etc) se constitui como uma ferramenta de grande importância nas instituições públicas desde que saibam utilizar. Não serve apenas para fazer relatórios e apresentações de prestações de conta. Vai além!

É possível quantificar e qualificar quem fala e o que fala. Com isso, separar as devidas opiniões. Exemplo: quais as principais solicitações dos cidadãos, quais as principais reclamações de oposicionistas da atual gestão, quais as principais menções negativas sobre determinado assunto e etc.

É o detalhamento daquilo que aprendemos nas Teorias da Comunicação. Quem disse o que e o como. Temos a análise do quanto aquilo é favorável (ou não) dentro de um contexto. Com base nisso, contribuir com sugestões para a tomada de decisões técnicas e políticas também. Pode-se dizer que é uma forma aprimorada da participação social e do retorno de suas solicitações.

O Monitoramento de Redes Sociais não é apenas um gráfico de pizza com positivo, negativo e neutro. Ele é um estudo do comportamento humano dentro de um contexto social!

Vamos estudar?!

Conheça a Escola de Redes Sociais. Cursos online e presenciais.  Pagamento no Débito, Crédito ou Boleto. Vamos estudar?

Monitorando Eike Batista nas redes sociais

Hoje os alunos (da Escola “Redes Sociais – Estratégias de Monitoramento”) fizeram curso de Monitoramento de Redes Sociais para iniciantes, no nosso espaço em Brasília. O tema escolhido para o exercício do dia foi Eike Batista.

Foi feito o Plano Estratégico de Monitoramento e em seguida o cadastro e tagueamento dos termos na ferramenta Scup. Após isso os alunos exportaram e analisaram os dados por meio do Excel.


Esse monitoramento mostrou que a maior parte das menções sobre o Eike Batista está com o sentimento neutro e que as pessoas não criaram nenhum movimento contra ele ou de mobilização valorizando a prisão. Os memes e retweets de posts antigos também estiveram representados em 15% das publicações. Apenas 10% das pessoas (responsáveis pelos posts estudados) deram algum feedback sobre o empresário.


 Parabéns aos alunos que criaram estratégias e iniciaram este estudo! Estou super orgulhosa. \o/


Conheça a Escola que leva o nome do Livro “Redes Sociais – Estratégias de Monitoramento” (Editora Nova Terra, RJ). Cursos online e presenciais.  Pagamento no Débito, Crédito até 18x ou Boleto. Vamos estudar?

Monitoramento de Redes Sociais na Unip de Brasília

Ontem, eu participei da Jornada Acadêmica de Jornalismo, da Unip em Brasília. Fiz uma palestra sobre o meu livro “Redes Sociais – Estratégias de Monitoramento” com foco na elaboração de um plano estratégico para monitorar. Acredito que gostaram, pois fizeram muitos questionamentos no final.

Este foi o PPT da apresentação:

Obrigada pelo convite, pessoal! O livro pode ser adquirido pelo site da livraria Cultura, Saraiva, da Editora Nova Terra ou diretamente comigo 🙂

Graphos dos tweets sobre Angélica e Luciano

O acidente de avião dos apresentadores Angélica, Luciano Huck e família – nesta manhã – está entre os assuntos mais comentados na internet.

A principal influenciadora sobre o tema – no Twitter – é Luana Piovani. Ela questionou a divulgação de fotos do acidente. Em seguida estão perfis de “humor” que fazem piada com o fato de “ir de táxi “. A imprensa, no momento, está com pouca influência na rede.

 

Nuvem de tags

Captura de Tela 2015-05-24 às 3.50.13 PM

Graphos de 1.100 tweets:

Captura de Tela 2015-05-24 às 3.59.29 PM

Esta simples representação de graphos mostra que há grupos bem diferentes comentando sobre o mesmo assunto. Há muitos dispersos e que não necessariamente compartilham da mesma opinião dos perfis “influenciadores”.

Este é um post com análise voluntária de uma pequena base de tweets. Sem vínculo com nenhuma empresa.

Publicidade & Redes Sociais

O novo episódio da Web-série Como ser #SocialMedia é com o Marcos Cunha. Ele – que mora em Brasília – contou alguns detalhes dos primeiros jobs dele com redes sociais.

“Eu trabalhava com Comunicação sempre voltado para empresa. Sempre voltado para estratégia de Marketing. Com o passar do tempo isso passou a não me agradar mais. Comecei a ficar atento ao tipo de movimentação que acontecia e para o mercado estava indo”, disse ao explicar como decidiu escolher a área de redes sociais.

O Marcos Cunha contou um pouco da experiência que ele teve em várias agências de Brasília.

Quer achar o Marcos? Veja aqui no Twitter, no Facebook ou no Linkedin.

A Web-série Como ser #SocialMedia tem episódio novo toda terça-feira, às 21h. Assine o canal para ver tudo! 😉

Qual o perfil para trabalhar com monitoramento de redes sociais?

Tem alguma dúvida sobre isso? Seus problemas foram resolvidos. A publicitária brasiliense, Ariadna Neves, explicou quais as competências necessárias para trabalhar nessa área. Ela é supervisora de monitoramento na Agência Moringa, em Brasília.

A Ariadna Neves começou conseguiu o primeiro job dela por meio do Twitter: “Alguém me seguia e ficava de olho nas minhas publicações. Eu utilizava o Twitter para comentar sobre o cenário político de  Brasília”.

A formação em Comunicação não é importante, segundo a Ariadna Neves. “Já trabalhei com gente da área de Sociologia, trabalho atualmente com uma pessoa que é formada em Biblioteconomia. Trabalho com pessoas com formação na área de Ciência da Computação”, afirmou.

A afinidade com análise de dados também é fundamental. “Se você tem afinidade com Excel, gosta de fazer cálculos. (…) se gosta de analisar as pesquisas do IBGE”, explicou.

E aí, curtiu o episódio de hoje? Compartilhe com seus colegas que querem trabalhar na área de redes sociais. Assine o canal para receber os episódios primeiro! 😉

Monitoramento #VemPraRua15demarço

Vamos acompanhar? Estas foram as análises do início do dia:

Principais hashtags:

#VemPraRua15deMarço: 500 tweets

#Foradilma 142 tweets

#VemPraRua 56 tweets

#ForaPT 27 tweets

Principal ativadora no momento: @LuanaPiovaniTV

Captura de Tela 2015-03-15 às 2.08.29 AM

No fim deste 15 de março…

Captura de Tela 2015-03-15 às 9.20.21 PM

Principais hashtags associadas:

#VemPraRua15demarço

#ForaDilma

#VemPraRua

#ForaPT

#VaiaDilma

Os principais influenciadores foram: @Ary_AntiPT @uinstante @lobaoeletrico @hppottermore

Isso foi apenas uma amostra. Não é oficial. Gostaram? 😉