Qual o perfil para trabalhar com monitoramento de redes sociais?

Tem alguma dúvida sobre isso? Seus problemas foram resolvidos. A publicitária brasiliense, Ariadna Neves, explicou quais as competências necessárias para trabalhar nessa área. Ela é supervisora de monitoramento na Agência Moringa, em Brasília.

A Ariadna Neves começou conseguiu o primeiro job dela por meio do Twitter: “Alguém me seguia e ficava de olho nas minhas publicações. Eu utilizava o Twitter para comentar sobre o cenário político de  Brasília”.

A formação em Comunicação não é importante, segundo a Ariadna Neves. “Já trabalhei com gente da área de Sociologia, trabalho atualmente com uma pessoa que é formada em Biblioteconomia. Trabalho com pessoas com formação na área de Ciência da Computação”, afirmou.

A afinidade com análise de dados também é fundamental. “Se você tem afinidade com Excel, gosta de fazer cálculos. (…) se gosta de analisar as pesquisas do IBGE”, explicou.

E aí, curtiu o episódio de hoje? Compartilhe com seus colegas que querem trabalhar na área de redes sociais. Assine o canal para receber os episódios primeiro! 😉

Da assessoria de imprensa para as redes sociais!

A baianidade invade a Web-série Como ser #SocialMedia!! O episódio de hoje é com a jornalista Carícia Temporal. Ela se formou pela Universidade de Brasília (UnB). Já trabalhou com monitoramento de redes sociais e produção de conteúdo. Atualmente desenvolve um novo projeto na Bahia.

No início ela conciliava o trabalho em uma assessoria de comunicação com um freela em agência de mídias digitais. “Eu trabalhava como repórter, quando me formei. Sempre tive muita afinidade com internet (…) Comecei a freelar junto com várias pessoas. Acabei me destacando pelo meu interesse. Eu me interessei muito e acabei evoluindo. As pessoas que trabalharam comigo me chamaram para produzir relatório, fazer estratégia. Não era só ‘positivo’, ‘negativo’ e ‘neutro’. A primeira ferramenta que usei foi o Scup”, contou.

A Carícia Temporal morou durante 7 anos em Brasília, mas há um ano retornou para Salvador.  Ela também citou como está o mercado de redes sociais lá: “Aqui tem muita agência grande que é offline e que agora tem a parte de WEB”.

Este episódio foi gravado via Hangout porque foi feito à distância.

Fale com a Carícia pelo Facebook ou pelo Twitter.

A partir de hoje a Web-série Como ser #SocialMedia será divulgada somente terça-feira, às 21h. Acompanhe e envie para seu colega que quer trabalhar com redes sociais! \o/ \o/ 

BATE FORTE O TAMBOR! Eu quero é…conhecer um case do Amazonas!

O episódio, de hoje, da ‘Web-série Como ser #SocialMedia” é com a Assessora de Comunicação, Chrys Braga. Ela graduanda do curso de Relações Públicas e mora em Manaus.

A Chrys Braga possui um case regional de redes sociais: o portal D24AM. Ela contou como começou o seu interesse por comunicação digital até chegar nesse projeto. “Comecei contando coisas engraçadas (na Web), compartilhava música, texto e escrevia sobre relacionamentos (em blogs). Depois disso mudei para as redes sociais. Comecei a falar sobre política, as coisas da cidade”.

O portal D24AM foi o primeiro a começar a interagir nas redes sociais. “Até então os portais de notícias serviam apenas para colocar o que estava no jornal. O portal foi além. Tinha uma equipe pra ele. As redes sociais não eram via de mão única (…). Nós tínhamos um feedback do leitor”, citou.

A Chrys Braga também deu sua opinião sobre a formação ideal para trabalhar com redes sociais. O que você acha? Depois comenta!

Quer falar com a Chrys? Pode adicioná-la aqui no Twitter e no Facebook.

A Web-série “Como ser #SocialMedia” tem episódio novo toda terça e quinta-feira, às 21h. Assine o canal e o blog para ver tudo primeiro! Perdeu o episódio passado? É uma boa hora para ver todos! 😉

O que as pessoas pesquisam no Google?

Ainda estamos no fim do primeiro mês do 2015, mas muita coisa já aconteceu!

Segundo o Google Trends, estas foram as principais pesquisas feitas até o momento:

Captura de Tela 2015-01-29 às 8.00.58 PM

As redes sociais estão no top das buscas. O Enem ficou em último no ranking das principais buscas.

Quando analisamos o tópico de Compras, este é o ranking:

 

 

Otimização de conteúdo no #Instagram

O Instagram é a principal rede social do momento e assim como todo canal é preciso entender como otimizá-lo para que o conteúdo do perfil seja visto pelo público-alvo. Você já viu alguém fazer as malas antes de saber para qual lugar vai viajar? Ao escolher o destino é que se preparam as malas, o tipo de roupa, calçado, etc.

Podemos dizer que nas redes sociais o processo é parecido. É preciso determinar:

* O público que você quer que acompanhe as publicações;
* O tipo de conteúdo que será apresentado;
* Periodicidade dos posts;
* O objetivo do perfil no Instagram.

Segundo recomendações do livro “Marketing e Comunicação Digital – a internet otimizando negócios”, de Felipe de Andrade Pereira:

“Capriche na criação de textos, vídeos, apresentações e fotos. (…) Porém, para essa produção, você precisa de tempo e concentração. (…) Um dos principais efeitos do marketing de conteúdo é que, quanto mais você produz, mais você tem e mais você será encontrado”.

O que são hashtags?

Alguns já estão “carecas de saber”. Porém este artigo é tanto para quem está começando quanto para quem já trabalha neste mercado.

As hashtags ajudam a localizar determinado tema na rede. Elas contribuem principalmente com as mobilizações/campanhas. Como estamos falando do Instagram, aqui hashtags são as chaves para as mobilizações!

Segundo o Iconosquare, estas são as principais hashtags da rede:

(Não é preciso usar, visto que algumas são usadas inclusive para pedir likes. O seu perfil pode virar alvo de spam. É importante avaliar e pesquisar as hashtags ideais para o perfil em questão)

2015/01/img_1704.png

Hora de avaliar e otimizar o conteúdo dos perfis que você administra!

 

Conheça o Livro “Redes Sociais – Estratégias de Monitoramento” (Editora Nova Terra, RJ) e adquira conhecimento sobre análise de dados de redes sociais. Pagamento no débito, crédito ou boleto. Dúvidas? Envie um comentário! 

Entre perfis recomendados no Slideshare

O Slideshare é uma rede mega importante para o compartilhamento de conteúdo qualificado. Eu apostei há algum tempo para divulgar meus PPT’s de palestras e de alguns relatórios. Não me arrependi. Ali eu publico, mas também vejo muitas apresentações que ajudam no meu trabalho ou estudo.

Captura de Tela 2015-01-22 às 10.29.23 PM

O site Homem Groover fez um artigo recomendando “28 perfis que falam sobre Monitoramento para você seguir no Slideshare” e eu o meu está entre eles. Obrigada, pessoal!

C’est tout! Vamos trabalhar!!

#JeSuisCharlie – Mais de 3 milhões de Tweets

No dia 7 de janeiro foram registrados mais de 6.500 tweets com a hashtag #JeSuisCharlie a cada minuto. Algumas horas depois da tragédia já se passavam mais de 3,5 milhões de tweets de apoio às vítimas do ataque. No Instagram foram registradas mais de 648 mil imagens usando a hashtag oficial.

Foi divulgado este mapa com a captação da tag:

2015/01/img_1587.png

Fonte: Geeko, Le Soir