A morte do Facebook?

A Liliane Ferrari foi entrevista pela ComSchool sobre as estratégias de ação no Facebook, alcance e desafios do engajamento na rede.  Ela explicou como a importância da segmentação e que isso deve ser refletido no conteúdo da Fan Page da marca.

A Lili é fera! Hoje faz palestras no eventos do Facebook e Sebrae. Eu a conheci nos encontros do LuluzinhaCamp e Café com Blogueiros. É uma pessoa que eu não perco de vista, pois sempre está envolvida em projetos desafiadores 🙂

Ainda pedi mais uma dica dela para eu postar aqui no Blog ó:

Aninha e Lili

 

Gostaram?

Anúncios

A criação do Facebook

Concluí a leitura de “Bilionários por acaso: A criação do Facebook” (The accidental biolionaires: the founding of Facebook), de Ben Mezrich. É uma história tão intrigante, pois você entende a tal “saga” dos meninos de Harvard que criaram o, em 2004, TheFacebook e depois foram se aventurar na Califórnia para conseguir investidores. Entretanto fica a vontade de entender a versão do próprio Mark Zuckrberg.

A obra é baseada principalmente em matérias do jornal Harvard Crimson e declarações das “vítimas” de traição por Mark: Eduardo Saverin, Tyler e Cameron Winklevoss e outros. Vi poucas informações comprovadas, principalmente, em relação às questões jurídicas. Isso faz com que a obra fique mais no campo da “fofoca” que biográfica.

Recomendo a leitura, pois de qualquer forma eles mostram as mudanças de valores quando o Facebook deixa de ser um projeto universitário para entrar no mundo corporativo.

Facebook Brasil – #MediaOn2011

Hoje, eu acompanhei a palestra do Gerente do Facebook no Brasil, Ricardo Sangion, no Seminário Internacional de Jornalismo On-line (MediaOn 2011). Ele está sendo realizado até amanhã no Itaú Cultural, na Avenida Paulista. Gostei demais, pois o Ricardo esclareceu várias dúvidas técnicas sobre o Facebook e ainda deu várias dicas!

Eu perguntei dele qual o critério de seleção do Facebook para escolher pessoas que aparecem quando digitamos uma letra na “Busca”. Ele respondeu que não sabia, que poderia ser uma escolha aleatória, mas não tinha certeza. As outras pessoas da plateia também gostaram dessa pergunta porque acredito que todo mundo já se perguntou quem eram certos seres e porque eles apareciam ali. É seu caso também?

Então, eu também perguntei ao Ricardo sobre os planos do Facebook para melhorar a interação Fan Page – Usuário. Hoje não podemos, por exemplo, enviar mensagem privada de uma Fan Page para um usuário. Ele disse que mudanças com relação a isso e outras coisas estão previstas para breve. Vamos aguardar né?

Outra pessoa também questionou ao Ricardo sobre a permissão para ter mais aplicativos no perfil. Ele disse que isso não está nos planos do Facebook e nem está no projeto Timeline. A maioria dos aplicativos deverão ser permitidos somente para Fan Pages mesmo.

Curiosidade: Mais de 20 mil perfis, no Facebook, são deletados todo dia, principalmente de marcas que deveriam ter Fan Pages. Já pensou nisso? Não custa avisar: marca/empresa/personalidade…todos devem ter Fan Page.  Nada de criar o perfil “Administradores da XYZ” para administrar a Fan Page também, pois segundo o Ricardo ele será considerado falso e deletado um dia!

Você já questionou “cadê o botão não curti?”. Então, o Ricardo também respondeu essa dúvida. Disse bem resumidamente: o Facebook não vai criar este botão porque afinal ninguém vai compartilhar aqui que não gosta. O que você acha disso?

Este foi um vídeo que eu fiz do evento (humilde, amador e sem edição Ok?):

No final ainda perguntei ao Ricardo se já poderia agendar visita ao escritório do Facebook em São Paulo. Ele respondeu que não e que isso poderá ser permitido no próximo ano.

Facebook: 800 milhões de usuários

Usuários? Para algumas pessoas pode ser uma dependência mesmo! 🙂 Entretanto este post não é para analisar os casos de Psico x Facebook.

Compartilho aqui este infográfico que também foi divulgado no Mashable:

Números surpreendentes: diariamente cerca de 2 milhões de posts recebem likes ou comentários. Além disso também são realizados uploads de 350 milhões de fotos. 

Esse dado de notificações (likes e comentários) pode significar enfim a migração das discussões das comunidades do Orkut para o Facebook. Lógico que algumas comunidades continuam bem ativas lá e a sua existência vai depender desse grupo de pessoas que as mantém. Contudo esse número significativo de comentários diários podem mostrar na prática essa mudança.

O desafio é na hora de colocar o “cliente” nessa discussão: “ouvindo” bem para oferecer um bom serviço e respondendo para criar um relacionamento.

Desafio diário!

Mais uma Timeline!

Hoje, o super Mark Zuckerberg anunciou as mudanças que serão realizadas no Facebook por meio de um projeto  “Timeline”. Será uma nova forma de ver todo o conteúdo (posts, fotos e vídeos) da sua vida.

Agora a dúvida é…quando os 800 milhões de usuários do Facebook terão acesso ao novo formato? O anúncio das mudanças foi feito durante a Conferência anual de Desenvolvedores, nos Estados Unidos. A versão Beta já está disponível para os estes desenvolvedores, entretanto para os pobres mortais só daqui a algumas semanas.  😉

Você não gostou do que leu sobre as mudanças? Junte-se ao coro. O evento foi para anunciar o projeto que realmente mudará o formato do Facebook, mas você pode perceber que toda semana há alguma coisa nova nele. Eu gosto disso, pois acredito que o processo de compartilhamento é dinâmico mesmo. Twitei no fim da tarde e repito: 1996 mandou beijos, se você é mais um que critica as mudanças neste canal!

O que vai mudar?

  • O formato das fotos será diferente do atual. Eles serão bem maiores.
  • Os aplicativos também serão apresentados de outro jeito.
  • O usuário é quem vai destacar o que é importe ficar na sua Timeline.
  • O botão “curtir”terá uma variação de “ler”e “assistir”.
  • A música que o seu amigo estiver ouvindo também aparecerá no status do Facebook por meio do Feed de notícias. (tipo MSN não?)
  • e muito mais….

Mais?

Acompanhe AQUI o que a galera está comentando sobre isso.

O Mashable também está fazendo uma pesquisa para saber a sua opinião sobre o projeto Timeline.

Será que vamos trollar muito ou vamos aprovar o Timeline quando ele estiver disponível para everybody?

Facebook para empresas

Caríssimos gostei de saber que o Facebook divulgou algumas dicas de como usar sua ferramenta para empresas. As orientações estão em parte português e inglês.

É incrível como ainda há algumas empresas que criam perfil no Facebook. Pode parecer chato para você que já trabalha/pesquisa sobre Social Media, mas acredite ainda há MUITA gente que não usa Fanpage.

Sabe porque a Fanpage é recomendada? Super facilita a questão de não precisar ficar moderando para “adicionar’ amigos. Em uma Fanpage as pessoas simplesmente dão like e pronto! Na hora de organizar um relatório também ajuda bastante, pois há a parte de gráficos de dados. Enfim, não use Perfil e sim Fanpage para trabalhar a imagem do cliente.

Outra vantagem dessas orientações oficiais do Facebook é poder entender o uso dos “Anúncios”. Dessa forma você define bem quem será seu público alvo (idade, sexo, localização, TUDO).

Você já viu Fanpages tão personalizadas que pareciam um site/blog? Então, essa é outra vantagem do Facebook. Você pode usar e abusar de aplicativos. Tudo, lógico, dentro do planejamento. Quer saber mais? Olha aqui ó.

Deu uma vontade de publicar tudo fiz para um Guia do Facebook. Já revisei tudo, pois comecei a escrever em janeiro e muita coisa muda no Facebook everyday. Quem sabe consigo publicá-lo logo…online mesmo. Aguardem!

😉

Se você agisse como um “Facebook”?

Gostei! Like! Me gusta! 😉